Após polémica de Bruno de Carvalho, arrumadinho esquece divergências e defende posição da ex-mulher, Pipoca Mais Doce

Ricardo Martins Pereira critica atitudes de Bruno de Carvalho dentro e fora da casa do 'Big Brother Famosos'.
16 Fevereiro 2022

Ricardo Martins Pereira, o ex-marido de A Pipoca Mais Doce,  também se posicionou contra as últimas polémicas no ‘Big Brother Famosos’.



Numa publicação no Facebook, o diretor geral de uma agência de comunicação elogiou as empresas que deixaram de fazer anúncios no horário do ‘BBF’ na sequência das acusações de violência de Bruno de Carvalho. “Atitudes de valor”, referiu Ricardo.

O ex-marido de Ana Garcia Martins, antes já tinha chamado “vergonha alheia” aos insultos de Bruno de Carvalho contra as amigas da namorada, Liliana Almeida.



Lembre-se que Ana Garcia Martins antes de a polémica atingir o limite, com o vídeo em que o ex-presidente do Sporting surge supostamente a apertar o pescoço da namorada, a influencer já tinha classificado outras atitudes como “perigosas”.

Na gala de domingo, dia 13 de fevereiro, em que Bruno de Carvalho acabou expulso pelo voto do público, Ana chegou a enfrentar Cristina Ferreira em direto.



“Eu, enquanto apresentadora, e o ‘Big Brother’, que é o comandante de todas as operações, temos um dever. Um dever de imparcialidade e de também de não julgamento dessas mesmas pessoas. É aquilo que tentamos fazer e pelo menos eu tento fazer desde o primeiro dia em que me propus apresentar este ‘Big Brother’. Tento ser imparcial e não julgar qualquer tipo de comportamento de uma pessoa, neste caso jogador, dentro da situação em que está exposto”, argumentou Cristina.



Não podia discordar mais”, respondeu Ana Garcia Martins. “Acho que o que se vê em relação ao Bruno não tem a ver com preferências, com julgamentos e com ódio de todo. Tem a ver com o comportamento que é visível a toda a gente. Não aponto o dedo aos comportamentos do Bruno por ódio, por antipatia, aponto o dedo pelo que ele faz a uma mulher”, notou a comentadora.

ÚLTIMAS

Share This