Atividades extracurriculares melhoram saúde mental em adolescentes

Investigadores da University of British Columbia descobriram que adolescentes que participam em atividades extracurriculares apresentam melhores resultados no âmbito da saúde mental, quando comparando com aqueles não as têm.
06 Novembro 2020

Estes resultados tiveram como base uma análise a cerca de 28712 alunos do sétimo ano, em British Columbia.

Os investigadores recolheram dados sobre o “tempo recreativo de ecrã” dos adolescentes, como assistir TV, jogar um videojogo ou navegar na Internet e dados sobre as suas atividades extracurriculares antes de comparar a associação “com indicadores de saúde mental positivos e negativos”, cita o Post.

No final, os investigadores concluiram que os adolescentes que relataram mais de duas horas de tempo recreativo de ecrã por dia tinham níveis mais baixos de “satisfação com a vida e otimismo, e níveis mais altos de ansiedade e sintomas depressivos”. Isso era particularmente verdadeiro para raparigas adolescentes.

Em comparação, os adolescentes que participaram de atividades extracurriculares, ao contrário dos seus colegas, eram mais propensos a relatar satisfação com a vida e otimismo, bem como níveis mais baixos de sintomas de ansiedade e depressão.

ÚLTIMAS

Share This