Avião obrigado a aterrar em Lisboa devido a casal embriagado

Em causa estava um casal britânico ter ficado embriagado, além de ter, alegadamente, fumado na casa de banho do avião.
13 Julho 2022

Um voo da companhia EasyJet com destino a Tenerife, em Espanha, foi obrigado a aterrar em Lisboa, a 6 de julho.


Em causa estava um casal britânico ter ficado embriagado, além de ter, alegadamente, fumado na casa de banho do avião.

“Um casal estava a beber demais. Anunciaram que os passageiros não deveriam ingerir bebidas da área duty free, e que fumar também era proibido no avião. Quando demos por isso, trancaram as casas de banho das traseiras do avião, porque encontraram pontas de cigarro. Dez minutos depois, o piloto disse que íamos aterrar em Lisboa”, contou ao Liverpool Echo Hans Mahrla, um dos passageiros daquele que descreveu como um “voo dos horrores”, com origem em Liverpool, no Reino Unido.


“A mulher começou a dar pontapés e a ameaçar outros passageiros. Foi uma confusão”, acrescentou.

O casal foi escoltado para fora do avião. Perante a situação, os passageiros terão celebrado com uma salva de palmas a aterragem, segundo adiantou Mahrla.

Um porta-voz da EasyJet confirmou o caso ao Liverpool Echo, assegurando que a sua tripulação é “treinada para avaliar todas as situações e agir de forma rápida e adequada para garantir que a segurança do voo e dos passageiros não é comprometida em nenhum momento”.


“Embora tais incidentes sejam raros, encaramo-los com muita seriedade e não toleramos comportamentos abusivos ou ameaçadores a bordo. A segurança e o bem-estar dos clientes e da tripulação são nossa maior prioridade”, garantiu a entidade.

ÚLTIMAS

Share This