Bebé da capa dos Nirvana processa a banda por pornografia infantil

O bebé da capa, Spencer Elden, alega "sofrimento emocional extremo".
26 Agosto 2021

É uma das capas mais reconhecidas do panorama musical mundial, pelo álbum a que está associada e pela banda em si. Esta capa tornou-se, então, um dos símbolos icónicos do rock.

O bebé da capa chama-se Spencer Elden e alega, agora, que esta lhe causou “sofrimento emocional extremo”. Spencer tinha apenas quatro meses quando o disco foi lançado, em 1991, e está a processar, agora, a banda por exploração sexual infantil e pornografia infantil.

Na altura, e segundo a acusação, os pais de Spencer não deram autorização por escrito para que essa fotografia do filho fosse utilizada para fins comerciais.

Spencer alega, ainda, que estar nu na capa fez parte “do esquema de promoção do disco para gerar atenção, ganhar notoriedade, aumentar as vendas e conquistar atenção mediática e críticas”.

O advogado da acusação reitera que a imagem “mostra partes íntimas” do seu cliente e que a nota de 1 dólar na capa faz o seu cliente passar por um “trabalhador da área do sexo”.

Importante de reter que, apesar desta acusação, Spencer Elden recriou a imagem da capa do álbum já por três vezes, aos seus 10, 15 e 25 anos.

 

ÚLTIMAS

Share This