Cristiano Ronaldo perde 288 mil euros com burla de agente de viagens

Este agente teria acesso a cartões de crédito, e respetivos códigos de acesso, de Cristiano Ronaldo.
21 Setembro 2021

A funcionária da Geostar, agência de viagens, desviou algumas centenas de milhares da euros da conta de Cristiano Ronaldo e conseguiu fazê-lo através de acesso privilegiado a cartões de crédito do atleta português, que foi facultado, pelo mesmo, para que esta tratasse de tudo o que fosse relacionado com deslocações de Cristiano e seus familiares.

Abusando da confiança que lhe era dada, Maria Silva, nome da funcionária, facultava um número de conta pessoal, para que os jogadores lá fizessem o depósito, em vez de dar a conta da agência em si.

Estima-se que Maria terá desviado cerca de 288 mil euros da conta de Cristiano, isto entre fevereiro de 2007 e julho de 2010.

Depois de o seu esquema ter sido desvendado pela Geostar, em 2010, esta demitiu-se, foi presente a tribunal e condenada a um pena suspensa de quatro anos e a uma indemnização mensal. Esta indemnização está, neste momento, a ser paga por Maria Silva com trabalho como empregada de limpeza na Geostar.

ÚLTIMAS

Share This