Saiba quanto se vai gastar com as eleições.

Cerca de 700 mil euros são justificados apenas com as medidas para o voto antecipado.
13 Janeiro 2022

Para garantir o voto antecipado a um milhão de eleitores, o Estado vai pagar 700 mil euros para tomar todas as medidas necessárias. Este valor fica assim quatro vezes superior ao que o Estado gastou nas eleições presidenciais do ano passado.



O reforço passa pelo aumento do número de mesas de voto em todo o País. “Passaram-se das habituais 675 secções de voto para 1300 num primeiro momento e para 2600 num segundo momento. Significa isto que a administração eleitoral tem o voto antecipado preparado para 1,2 milhões de portugueses, o que representa cerca de 20% mais do que é habitual”, garante o Governo.

Para conseguir garantir tal feito, os municípios deverão duplicar o número de secções de voto que habitualmente estão abertas no voto antecipado. Carlos Moedas, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, diz que a capital já está preparada e que “contou com a preciosa ajuda das Juntas de Freguesia para o conseguir”.



No total, estas eleições legislativas deverão custar ao Estado quatro milhões e seiscentos mil euros.

ÚLTIMAS

Share This