Emigrante com cancro terminal pede ajuda para regressar a Portugal

Foi lançado um apelo nas redes sociais para trazer para Portugal um emigrante bracarense com doença terminal.
08 Fevereiro 2022

De acordo com jornal O Minho, o pedido foi feito pela mulher, Cristina Vicente, que avançou que “a viagem de regresso, com acompanhamento médico, custa cerca de seis mil euros”.




A família não terá condições económicas para esta despesa e está, agora, a tentar angariar fundos para cumprir o propósito.

Segundo o comunicado por Cristina Vicente ao Jornal de Notícias, José Ferreira foi “diagnosticado no dia 12 de janeiro com um cancro no fígado em estado avançado”. O hospital em Munique onde está internado diz que “não há mais nada a fazer” e vai-lhe dar alta amanhã, dia 9 de fevereiro.

José Ferreira começou a sentir-se mal nas férias de Natal e, no dia 17 de dezembro, foi ao Hospital de Braga, mas regressou a casa no próprio dia.


Ter-lhe-ão dito que “eram gases”, refere a esposa. O Hospital de Braga, em resposta ao JN, esclareceu depois ao Jornal de Notícias que, “após resolução do episódio”, o utente “foi informado que deveria ser acompanhado pelo seu médico assistente”.


Porém, José Ferreira não voltou ao hospital e regressou à Alemanha a 11 de janeiro.

“Quero aqui o meu marido para, pelo menos, eu e a minha filha nos despedirmos”, diz Cristina Vicente. A mulher de José Ferreira diz que, até 7 de fevereiro, tinha angariado mais de mil euros.




Quem estiver disposto a ajudar, pode contribuir podem fazê-lo por transferência bancária com os seguintes dados:

BIC: BESCPTPL
IBAN: PT50 0007 0000 0088 9789 731 23
NIB: 000700000088978973123

ÚLTIMAS

Share This