Estudo revela que mulheres que fazem mais sexo têm…

Investigadores identificaram a região cerebral conectada com a masturbação feminina e relações sexuais.
26 Janeiro 2022

Um estudo publicado, na segunda-feira, pela revista ciêntifica “The Journal Neurociencie” revelou que as mulheres que fazem mais sexo têm cérebros mais desenvolvidos.



Os investigadores identificaram a região cerebral conectada com a masturbação feminina e relações sexuais e perceberam que essa região estava mais desenvolvida nas mulheres que faziam mais sexo. “Encontramos uma associação entre a frequência da relação sexual e a espessura do campo genital mapeado individualmente”, afirmou a coautora do estudo, Dra. Christine Heim, professora de psicologia médica do Charite University Hospital, em Berlim, ao The New York Post.



O estudo envolveu 20 mulheres adultas, entre os 18 e os 25 anos, e avaliou a conexão entre o toque e o desenvolvimento cerebral das participantes. Ainda, concluiu que durante a estimulação feminina a região do córtex somatossensorial do cérebro foi ativada.
Os investigadores mediram a espessura dessa área do cérebro e descobriram que era mais robusta nas voluntárias que relataram ter mais sexo.

ÚLTIMAS

Share This