Fogos destruíram entre 12 a 15 mil hectares de área florestal

A Proteção Civil divulgou a informação esta sexta-feira, 15 de julho.
15 Julho 2022

Esta sexta-feira, dia 15 de julho, André Fernandes, comandante da Autoridade Nacional da Proteção Civil, fez o balanço da situação de incêndios em Portugal indicando que os “fogos já consumiram entre 12 a 15 mil hectares de área florestal“.

O valor, contudo, é uma estimativa, ainda não definitiva, sendo que Cumeada, em Ourém foi a que teve maior área ardida com cerca de 5 mil hectares consumidos.


André Fernandes frisa ainda que “há registo de 31 ignições até ao meio-dia. Sete destas ocorrências continuam ativas, duas das quais começaram no dia de ontem, quinta-feira, e quatro são consideradas de maior preocupação, em Lindoso (Ponte da Barca), dois no concelho de Baião e em Bragança”.

Em relação a ocorrências significativas que se encontram em resolução ou fase de conclusão “mantemos ainda envolvidos” 1.828 bombeiros, 547 veículos e três meios aéreos. “Mantemos um dispositivo robusto para evitar as tais reativações no terreno, de forma a fazer o combate imediatamente”, contou.


Referir ainda que, o comandante da Proteção Civil deu ainda conta que se registou uma ligeira melhoria da situação, tendo havido reforço, com 1.038 operacionais, mas menos significativo. Houve necessidade de assistência médica a 90 operacionais da Proteção Civil e 93 civis.

ÚLTIMAS

Share This