Marcelo concede a Paula Rego grau de Grande-Colar da Ordem de Camões

Pintora morreu a 8 de junho, aos 87 anos. Cumpre-se hoje em Portugal um dia de luto nacional.
30 Junho 2022

Esta sexta-feira, dia 30 de junho, o Presidente da República anunciou em Londres que vai condecorar a título póstumo a pintora Paula Rego com o Grande Colar da Ordem de Camões, distinção que será formalmente entregue em Lisboa.


No dia do funeral de Paula Rego, que morreu a 8 de junho, aos 87 anos, e em que se cumpre em Portugal um dia de luto nacional saiu, em Diário da República, um decreto do Presidente Marcelo Rebelo de Sousa onde o Chefe de Estado “concede à pintora Maria Paula Figueiroa Rego, de nacionalidade portuguesa, o grau de Grande Colar da Ordem de Camões”, a título póstumo.

“O Presidente da República, Grão-Mestre das Ordens Honoríficas Portuguesas, decreta, nos termos dos n.os 1 e 4 do artigo 46.º da Lei n.º 5/2011, de 2 de março, com a redação dada pelo Decreto-Lei n.º 55/2021, de 29 de junho – Lei das Ordens Honoríficas Portuguesas, o seguinte: É concedido, à pintora Maria Paula Figueiroa Rego, de nacionalidade portuguesa, o grau de Grande-Colar da Ordem de Camões”, pode ler-se no documento.


Aquando do anúncio da data do funeral, o Governo confirmou que o dia de luto nacional seria cumprido hoje. “Nos termos do decreto aprovado em Conselho de Ministros no dia 8 de junho, o Governo anuncia que o dia de luto nacional pelo falecimento de Paula Rego será assinalado a 30 de junho, data em que se realizam as exéquias da artista, conforme indicação dada pela família da artista”, podia ler-se num comunicado divulgado pela Presidência do Conselho de Ministros em 21 de junho.


O texto justificava que “Paula Rego foi uma artista maior da cultura portuguesa, com uma obra reconhecida incontornável no panorama artístico nacional e internacional, deixando um legado único que perdurará para sempre na história das artes plásticas”.

Fonte: Notícias ao Minuto

ÚLTIMAS

Share This