Marrocos | Morreu Rayan, o menino que esteve cinco dias num poço

A informação foi revelada pelos media locais.
05 Fevereiro 2022

O menino Rayan, de cinco anos que estava desde terça-feira no interior de um poço na aldeia de Ighran, em Marrocos, foi retirado, este sábado à noite, já sem vida. A criança não resistiu aos ferimentos.



A informação está a ser avançada pelo canal marroquino 2M, que refere ainda que o rei de Marrocos já deu as condolências à família do menino.

Ainda segundo a estação, o rei Mohammed VI “expressou ainda o seu apreço pelos incansáveis esforços das várias autoridades e forças públicas”, destacando a “forte solidariedade e ampla simpatia que está a ser transmitida aos familiares” do menino.



De acordo com um comunicado da Casa Real de Marrocos, relatado pela agência oficial MAP imediatamente após o fim da operação de resgate, o monarca teve uma conversa telefónica com os pais de Rayan para exprimir as suas condolências, acrescentando que seguiu de perto o “trágico incidente” e instruiu todas as autoridades para que tomassem todas as medidas necessárias para salvar a criança.

Lembre-se que as equipas de resgate retiraram hoje à noite o menino de cinco anos que estava preso num poço há quatro dias no norte de Marrocos. Por volta das 20h30 (hora de Portugal continental), a criança foi retirada do furo e transportada até uma ambulância, que aguardava no local.



O trabalho de perfuração de um túnel horizontal nestes dias foi, em grande parte, manual e avançou a “ritmo de caracol”, descreveu a AFP, que salientou que o principal desafio foi evitar deslizamentos de terra durante o processo.



ÚLTIMAS

Share This