Masterchef | Alheiras contaminadas levam Luís Portugal a tribunal

Luís Portugal, chefe Michelin e ex-concorrente do programa ‘Masterchef’, está acusado de corrupção de substâncias alimentares.
22 Setembro 2022

O antigo concorrente do programa de televisão MasterChef, Luís Portugal, e empresário da restauração em Bragança, bem como uma sociedade comercial da qual era gerente, foi acusado pelo Ministério Público pela prática de quatro crimes de corrupção de substâncias alimentares, agravados pelo resultado. O caso remonta ao verão de 2015 quando quatro pessoas foram internadas no hospital com sintomas de botulismo por terem consumido alheiras compradas à empresa do chef Luís Portugal.


Sete anos depois, o caso começou finalmente a ser julgado na passada segunda-feira.

O chefe de cozinha Luís Portugal, juntamente com a empresa de que era gerente, estão acusados de quatro crimes de corrupção de substâncias alimentares e o pedido de indemnização ronda os 60 mil euros.

Segundo o Ministério Público, Luís Portugal e a sua empresa desrespeitaram “diversas normas higienossanitárias, o que terá originado a propagação da bactéria”. Acrescenta ainda que era função do empresário “a responsabilidade pela aquisição e transporte de matérias-primas, fabricação, embalamento, transporte, acondicionamento e exposição para venda”.


A que tudo indica, o local de armazenamento dos enchidos em questão não estava devidamente licenciado e que o transporte dos produtos ocorria “sem observar as condições necessárias para inibir a multiplicação de micro-organismos”, o que terá provocado botulismo aos consumidores.

ÚLTIMAS

Share This