Menores de 21 anos podem vir a ser proibidos de comprar tabaco

A Direção-Geral da Saúde propôs proibir a compra de tabaco a menores de 21 anos e quer aumentar os impostos das bebidas alcoólicas.
05 Julho 2022

A compra de tabaco a partir dos 18 anos pode ter os dias contados.


A Direção-Geral da Saúde apresentou a nova Estratégia Nacional de Luta contra o Cancro, para durar até 2030, que tem como intuito “limitar” o acesso ao tabaco através de várias estratégias. Uma delas é mesmo aumentar a idade legal mínima para comprar tabaco, passando assim dos 18 para os 21 anos.

De acordo com o coordenador do programa para as doenças oncológicas, citado pela CNN Portugal, procura-se “que quem decida começar a fumar tenha uma maturação… Esteja mais consciente… Algo que, como sabemos, vai aumentando com a idade”.

Outras das estratégias que está em cima da mesa é aumentar os preços do tabaco e regular os ingredientes do tabaco, incluindo os aromatizantes.


Além do tabaco, a Estratégia Nacional de Luta contra o Cancro quer também lutar contra o consumo excessivo de álcool, uma vez que Portugal se destaca como um dos países europeus onde mais se consomem bebidas alcoólicas. A Direção-Geral da Saúde quer também aumentar os preços do álcool “através de uma proposta para atualizar anualmente as taxas de imposto sobre estas bebidas” e ainda restringir o marketing e a publicidade às bebidas alcoólicas.


Neste momento, as propostas da Direção-Geral da Saúde, que querem “reduzir a incidência de tumores evitáveis” e aumentar a qualidade de vida dos doentes, ainda não foram aprovadas e estão disponíveis para consulta pública até ao final do mês.

ÚLTIMAS

Share This