Morreu o ex-jornalista Artur Albarran

O antigo jornalista lutava contra um segundo cancro.
15 Fevereiro 2022

Artur Albarran, ex-jornalista morreu, adianta esta terça-feira a CNN Portugal. Artur Albarran estava internado no Hospital São Francisco Xavier.

Naquele ano tinha-se submetido a um transplante de medula óssea oito anos depois da primeira intervenção.



Nos anos 80, o jornalista destacou-se em televisão quando fez parte da equipa fundadora do “Grande Reportagem” na Radiotelevisão Portuguesa (RTP).

A carreira começou no Rádio Clube de Moçambique, passando depois pela Rádio Clube Português até que se estreou na estação pública.

Albarran evidenciou-se ainda quando foi enviado especial da RTP à Guerra do Golfo, em 1991, tendo-se especializado como repórter de guerra. O jornalista acompanhou ainda o conflito na Somália, em dezembro de 1992,



A personalidade televisiva passou ainda pela TVI onde trabalhou no arranque da estação de Queluz de Baixo em 1993 e chegou a ter um programa de informação em nome próprio.

Anos mais tarde, passou pela SIC, onde oscilou entre a informação e o entretenimento. De jornalista a apresentador, Albarran também apresentou a “Cadeira do Poder”, “Imagens Reais”, e “Acorrentados”.


Albarran para além da televisão e jornalismo, também esteve dedicado à promoção imobiliária.

ÚLTIMAS

Share This