O Washington Post evidencia o sucesso português na vacinação

O jornal refere que "praticamente uma nação confiou na ciência".
06 Outubro 2021

Já todos ouvimos o quanto o nosso processo e velocidade de vacinação foram louvados pelo contexto internacional, e este é mais um caso desse reconhecimento.

Com o fim da pandemia, que parecia utópico até há bem pouco tempo, à vista, parecemos estar de volta aos velhos tempos.

Com 85% da população já vacinada e com a vida a voltar mais um pouco ao normal, na passada sexta-feira, o Washington Post destaca “uma nação inteira que confiou na ciência”.

O jornal, ainda, dá destaque aos dados da nossa mortalidade, sendo que refere que é “metade da média da União Europeia” e, também, “nove vezes inferior à dos Estados Unidos”.

Quem mereceu destaque do jornal norte-americano, e nosso também, foi o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo. O Washington Post retrata-o como o que “levou a sua mensagem noite após noite às televisões portugueses, vestido em uniformes militares para representar a guerra”.

Apesar do sucesso que tivemos até agora, ainda temos luta pelo caminho, é importante não nos esquecermos.

ÚLTIMAS

Share This