Os truques que precisa de saber para deixar de fumar

Sem nada de medicamentos ou algo do género.
31 Agosto 2021

Todos temos vícios. Uns mais nocivos que outros mas, no geral, todos os temos.

Se estivermos a falar de fumar, é um vício que, como muitos sabem, não é propriamente a coisa mais saudável que se pode fazer, de todo. Para além disso, é notoriamente reconhecido como um vício difícil de se deixar.

Como tal, a Health Communities deixa-lhe 9 situações onde poderá ter propensão para fumar e, o mais importante, ensina a contornar essas situações para que não fume:

Conduzir

Um dos pecados capitais de quem fuma é fazê-lo enquanto conduz. Para combater isso pode, por exemplo, ter um rebuçado ou pastilha na boca, cantar ou ouvir a sua rádio preferida (aqui entre nós, sabemos bem que é a nossa). Outra situação que pode ajudar, é deixar de conduzir e começar a utilizar mais os transportes públicos.

Após o pequeno-almoço

Esta é uma das alturas de eleição para todos os fumadores. Poucos não resistem a fumar um cigarro depois de terminarem o pequeno-almoço. Aqui as soluções são, por exemplo, ocupar-se durante a manhã de forma a que passe por essa altura do dia sem sentir essa necessidade ou, uma outra alternativa mais prática, substitua o café por chá. Vai ver que tem um efeito evidente.

Pausas no trabalho

Aqui a comunicação é importante. Tudo passa por informar os colegas de trabalho que deixou ou está a tentar deixar de fumar e, como tal, precisa do maior nível de cooperação possível para ultrapassar a fase inicial do processo. Da sua parte, o mais fácil é mesmo evitar a companhia de fumadores, optando, nem que seja só por esse período, por a companhia de quem não fuma.

Stress

Esta parte é muito importante, visto que o stress é algo que, se o tinha antes de tentar deixar fumar, vai de certeza, senti-lo em maior intensidade assim que começar este processo. Portanto, como soluções, pode começar pelos clássicos conselhos de saúde: exercício e boa alimentação.



Momentos sociais

Os eventos em que nos juntamos aos nossos amigos são dos mais propensos a fumar, ou consumir álcool, seja esse o caso. Por isso, são também os momentos onde poderá se tornar um pouco mais difícil rejeitar a vontade de fumar. Assim, aplica-se o mesmo conselho do ponto das pausas de trabalho. Esclareça a situação com os seus amigos ou, em último caso, evite a companhia inicial de quem fuma.

Momentos de lazer

Já sabemos que nas folgas ou fins-de-semana, enquanto aproveita para estar no sofá e ver um filme, no maior relaxamento possível, poderá ter uma vontade imensa de fumar para acompanhar esse momento. Para esses casos, nada melhor que beber água ou comer fruta. Em últimos casos, se for fã, coma uma pastilha, de preferência, sem açúcar.

Emoções negativas

Este ponto está também muito relacionado com o stress. Desabafe, fale com quem lhe é perto e deite para fora esses sentimentos da forma natural e não recorrendo a mais um cigarro para os meter debaixo do tapete. Aqui, a música entra como um auxiliar muito bom, sendo uma distração que atinge as suas emoções.

Alimentação

A alimentação tem um papel de enorme importância na saúde e bem-estar geral. Como tal, aquilo que come, como e quando come, tem um papel importantíssimo na sua vida. Coma bem e durante mais vezes. Nos momentos pós-almoço ou pós-jantar, tente distrair a vontade de fumar com limpar a mesa ou os pratos.

Amigos/familiares fumadores

Ponto relacionado, de forma evidente, com as pausas de trabalho e momentos sociais. As mesmas normas aplicam-se aqui. É necessário comunicação e, dos seus amigos/familiares, compreensão.



 

 

ÚLTIMAS

Share This