Pedro Abrunhosa canta-nos o futuro em “Tempestade” com Carolina Deslandes

“Tempestade” é metáfora desta anormal normalidade e do simbólico canto de ambos, se é que alguma vez foram distintos."
06 Maio 2020

“Nenhum silêncio é mais trágico do que o dos pássaros e dos poetas. Ambos prenunciam tempos difíceis. “Tempestade” é metáfora desta anormal normalidade e do simbólico canto de ambos, se é que alguma vez foram distintos. Não chegam os ‘lives’ nas redes sociais, nem a partilha renovada dos antigos textos para dar continuidade à obra enquanto autor. É preciso continuar a escrever. Escrever canções. Elas são tojo com raiz no futuro. E do futuro ninguém quer só metade.”

Este é o mote da música lançada esta semana por Pedro Abrunhosa que conta com a colaboração de Carolina Deslandes. O video foi prodzido totalmente em teletrabalho.
´
Veja aqui o video de “Tempestade”

Share This