‘Pelo Cinema Português’ leva profissionais à AR

Cerca de uma centena de pessoas, entre essas, estudantes, realizadores, produtores, argumentistas juntou-se hoje num protesto estudantil pelo cinema português, junto à Assembleia da República, em Lisboa.
20 Outubro 2020

O Movimento Estudantil organizou o protesto Pelo Cinema Português, no mesmo dia em que é votada na Assembleia da República uma proposta de lei que transpõe uma diretiva europeia sobre audiovisual.

No protesto existiveram vários realizadores solidários com o protesto, entre os quais João Botelho, Catarina Vasconcelos, Teresa Villaverde, Inês Oliveira, Gabriel Abrantes e Cláudia Varejão.

Para além deste nomes, produtores como Luís Urbano, Pedro Duarte e os programadores Miguel Valverde e Cíntia Gil, a deputada comunista Ana Mesquita e um dos porta-vozes do Manifesto em Defesa da Cultura, Pedro Penilo, também estiveram presentes.

ÚLTIMAS

Share This