Problemas nos certificados de vacinação.

Para quem já tomou a dose de reforço, essa alteração ainda não aparece em muitos certificados de vacinação.
14 Janeiro 2022

A Comissão Europeia admitiu que existem problemas em Portugal na emissão de certificados covid-19 da União Europeia com a informação da dose de reforço da vacina. “É verdade que parece haver problemas em Portugal quando se trata da emissão de certificados na sequência da administração de uma dose de reforço. Os nossos peritos estão em contacto com as autoridades portuguesas”, informa fonte oficial do executivo comunitário.

A informação surge depois de queixas de utilizadores que não conseguiram ter acesso ao certificado que atesta administração da dose de reforço após uma série primária de vacinação anticovid-19 (de duas doses). Assim, os utentes continuavam a ter na secção das doses “2/2” em vez “3/3”.

Em causa está o certificado digital da UE, comprovativo da testagem (negativa), vacinação ou recuperação do vírus SARS-CoV-2, que entrou em vigor na União no início de julho do ano passado.

Segundo a Comissão Europeia, caberá aos Estados-membros “aplicar as regras de codificação e retificar os certificados caso estes tenham sido codificados de forma diferente”, devendo tudo estar operacional até 01 de fevereiro.

ÚLTIMAS

Share This