Russos violaram 25 jovens ucranianas. 9 estão grávidas

Uma das jovens tem 14 anos.
14 Abril 2022

Lyudmyla Denisova, a provedora oficial dos direitos humanos da Ucrânia, revelou ter registado casos horríveis de violência sexual pelas tropas russas em Bucha.


A provedora destacou ainda, o caso de um grupo de mulheres e raparigas que foi mantido na cave de uma casa durante 25 dias. Foram violadas e nove delas estão agora grávidas. A mais nova
tem apenas 14 anos.

“Raparigas e mulheres entre 14 a 24 anos foram sistematicamente violadas na cave de uma casa em Bucha durante a ocupação”, disse à BBC.


“Os soldados russos disseram-lhes que as violariam ao ponto de não quererem ter contacto sexual com nenhum homem, para as impedir de ter filhos ucranianos”, completou, referindo também que este é mais um exemplo de muitos que lhe vão chegando de violações.


Denisova alegou que é impossível avaliar a escala dos crimes sexuais cometidos pelas tropas russas e refere ainda que o país quer que seja criado um tribunal especial pelas Nações Unidas para julgar pessoalmente Vladimir Putin por de crimes de guerra, inclusive violações.

ÚLTIMAS

Share This