Se pensa que os seus lençóis estão limpos, pense outra vez

Mesmo que lhe pareçam limpos, a si, os lençóis podem esconder germes, bactérias e células mortas.
06 Agosto 2021

E quem o diz e comprova é Manal Mohammed, professora catedrática de Microbiologia Médica da Universidade de Westminster, no Reino Unido.

De acordo com o texto explicativo da BBC Brasil que cita Manal, as camas podem ter elementos que normalmente se escondem em casas de banho ou lavatórios.

Elementos estes como suor, saliva, caspa, células mortas, bactérias, germes e, até, pequenos insectos são só um exemplo daquilo que pode viver debaixo de muitos lençóis. Factual é que, enquanto dormimos, a nossa pele liberta cerca de 500 milhões de células mortas e estas, por sua vez, podem atrair ácaros ou percevejos.

Dentro do que podemos fazer para evitar isto, sem lavarmos os lençóis todos os dias, o melhor é arejar a cama ao puxar os lençóis para trás.

Relata-se também que se deve mudar a roupa da cama todas as semanas, lavar a capa dos colchões e colchas a cada 1 ou 2 semanas e aspirar o colchão com frequência.

ÚLTIMAS

Share This